Publicidade

O evento fashion mais famoso da Dinamarca, Copenhagen Fashion Week terá eventos físicos e digitais e será a primeira Semana de Moda da temporada de primavera 2021, que terá início em 9 de agosto. Na última semana, os organizadores divulgaram uma forte programação internacional, com até 34 marcas programadas para participar até o momento.

O line-up é composto principalmente por marcas de países escandinavos que há muito tempo usam a Copenhagen Fashion Week como principal plataforma, incluindo os dinamarqueses Ganni e Stine Goya; marcas suecas Rodebjer e Hope; Marimekko da Finlândia; Holzweiler da Noruega e La La Berlin da Alemanha. A londrina Rixo também se juntará aos Scandis pela primeira vez em agosto.

As marcas poderão escolher entre os formatos físico e digital ou optar por uma mistura dos dois, pois a Copenhagen Fashion Week complementará o evento com uma nova plataforma on-line para facilitar aos telespectadores que ainda não podem viajar. Os organizadores disseram que querem dar mais opções às marcas, pois procuram se recuperar da crise do COVID-19.

“Planejar a semana de moda sem dúvida foi diferente desta vez, com muitos fatores desconhecidos desempenhando um papel. É por isso que estamos empolgados com o fato de o número de marcas participantes não sofrer alterações”, disse Cecilie Thorsmark, diretora executiva do evento.

Em comunicado oficial, Cecilie afirmou estar ciente de que as soluções digitais nunca poderão substituir a experiência emocional e sensorial de ver fisicamente as coleções, mas que essa distribuição de desfiles em formato digital é agora mais crucial do que nunca. “Estamos extremamente entusiasmados por ver como este desenvolvimento pode promover material criativo original e cultivar novas relações com editores, compradores e consumidores”, relatou.

Publicidade