Por Lucas Estevam

estevampelomundo
            @estevampelomundo

Viajantes, acabei de voltar do Egito, após 15 dias no país! Sim, eu visitei as Pirâmides do Egito no Cairo e ainda passei por Sakkara, Hurghada, Memphis, Luxor e Aswan. O Cairo é uma das maiores cidades do mundo e guarda a única maravilha do mundo antigo que ainda está de pé: a grande pirâmide de Giza. Hoje vou falar sobre minha experiência no Cairo e algumas curiosidades do Egito.

Bom, uma coisa que pouca gente sabe é que as pirâmides do Egito não ficam no Cairo. Na verdade, as pirâmides ficam em Giza (ou Gizeh), que é uma cidade na zona metropolitana do Cairo, algo como Guarulhos para São Paulo. Eu adoro pesquisar e montar minhas viagens sozinho e contrato guias apenas em momentos pontuais, mas senti que no Egito seria diferent. Por isso, decidi fechar com a agência Maktub Travel.

COMO CONSTRUIRAM AS PIRÂMIDES DO EGITO?
A Pirâmide de Giza chegou a 137 metros de altura e é formada por dois milhões e 300 mil blocos de duas a 15 toneladas de pedra calcária. Esses blocos eram cortados em pedreiras e trazidos através do Rio Nilo para a região do Cairo. Apesar de você achar que elas são amarelas, na verdade, eram branquinhas, mas com o tempo se desgastaram.

PODE ENTRAR NAS PIRÂMIDES DO EGITO?
Sim! Pra entrar nas pirâmides basta comprar o ingresso na entrada do parque que custa 300 libras egípcias para a maior de todas e 100 libras para a mediana. Eu entrei e super vale a pena. Afinal, a principal função de uma pirâmide estava em seu interior, onde abrigarva a tumba do Faraó. Em algumas pirâmides e, principalmente, no Vale dos Reis, é possível ver pinturas e escritas originais coloridas nas paredes.

QUEM CONSTRUIU AS PIRÂMIDES DO EGITO?
Sabemos que não foi nada fácil, mas os Egípcios eram esforçados e cheios de conhecimentos de engenharia. As pedras vinham de longe e eram cortadas e lixadas milimetricamente, pois – acredite! – nenhum rejunte era utilizado, apenas as pedras. Os egípcios precisavam fazer um encaixe perfeito a ponto de nada de romper. E supreendentemente conseguiram! Muitos dizem que foram os escravos quem fizeram as pirâmides do Egito, mas os Egípcios juram que eram engenheiros, artesãos e camponeses que foram muito bem pagos. Como tudo no Egito se dá em função do Nilo, tinham que alinhar as altas e baixas do rio com as obras e podiam trabalhar apenas três meses no ano. Por isso que muitos camponeses aproveitavam para fazer um extra! Levou 20 anos e foram seis mil homens para apenas uma pirâmide. Bom, se eram escravos ou não, acho que nunca saberemos, mas minha única certeza é que foram humanos bem evoluídos.

MUSEU DO CAIRO E DO EGITO:
O Museu do Egito é parada obrigatória com um guia. Não vá sozinho pois você irá se perder e não saberá o que deve ver por lá (a não que seja mestre em egiptologia). Inaugurado em 1902, o Museu do Egito foi o primeiro do mundo feito para ser de fato um museu, e não estabelecido em antigos palácios ou castelos, como o Louvre, em Paris. Eu vi tudo com meus próprios olhos e me senti dentro do filme O Retorno da Múmia. Apesar de ser o mais famoso, Tutancamon nunca foi um faraó importante. Na verdade, ele mal governou, pois morreu aos 18 anos. Estevam, mas o que fez este rapaz a celebridade faraônica?  Virou fenômeno de audiência do planeta por ter sido o único túmulo intacto encontrado no Egito em 1922. Todos os outros haviam sido saqueados.

DO QUE VIVEM OS EGÍPCIOS?
A principal economia do Egito é o turismo, seguido pelo canal de Suez (inaugurado em 1869). 70 navios passam todos os dias pelo canal de Suez, ligando o Mar Vermelho ao Mediterrâneo. São 150 km de extensão separando a Ásia e África e, se não fosse esse canal, a vida seria muito mais difícil por lá.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

13 + 13 =