Publicidade

Você sabe o que significa o termo “Alta-Costura”? Esse é um termo recorrente quando o assunto é moda, mas nem sempre é mencionado da maneira correta. Alta-Costura, ou em francês Haute-Couture, é um termo protegido e considerado patrimônio cultural da França, que se refere a uma moda exclusiva, feita à mão, com materiais de altíssima qualidade. Mas, quem define o que é ou não Alta-Costura? A Chambre Syndicale de la Haute Couture, que anualmente atualiza e revê o grupo de marcas pertencentes a esse grupo, que devem seguir diversas regras, como: ter uma maison no Triângulo de Ouro (que compreende as avenidas, Champs-Élysées, Montaigne e Georges V), ocupar todos os andares do prédio, ter todas as peças feitas a mão e sob medida, apresentar pelo menos um perfume e 35 modelos em seus desfiles, entre outras.

Agora, deu para entender o rigos dessas coleções… não é? Agora, acompanhe as apostas para a temporada de desfiles de Alta-Costura Pimavera 2020!

Ralph and Russo

Uma doçura lúdica guiou o desfile de Ralph and Russo. Para quem não lembra, a grife inglesa foi responsável pelo deslumbrante vestido de noiva da digital influencer Thássia Naves. Para a temporada, uma explosão de tons pastel, tule, pompons, plumas e aplicações garantiram uma viagem a um conto de fadas.

Chanel

Seguindo a tradição da casa, Chanel apresenta uma coleção com a icônica dupla p&b e o tweed, tecido que faz parte do DNA da grife. Dessa vez, o tweed aparece com recortes e acompanhado de tule, o que conferiu um ar feminino e fluido às peças.

 

Giambattista Valli

Tule, tule e mais tule. O volume desse tecido fez parte de praticamente todos os looks. Saias e mangas bufantes ganharam novos shapes com a proposta de Giambattista Valli.

 

Azzaro

O total black reinou na passarela de Azzaro, com destaque para os babados localizados nas golas e saias, além dos pelos e da cintura marcada.

 

 

 

 

Christian Dior

Uma inspiração de deusas gregas abrilhantou a passarela de Dior na Alta-Costura, com peças de um ombro só, tecidos metalizados e esvoaçantes, babados e capas. Os acessórios (colares, pulseiras e tiaras) também trazem referência da Grécia Antiga.

 

Alberta Ferretti Limited Edition

Tons de azul, tecidos fluidos e esvoaçantes e, também, estruturados marcaram a temporada Spring Haute-Couture 2020 da Alberta Ferretti. Volumes no busto, na na saia e de forma assimétrica nos ombros.

 

Iris van Herpen

Com proposta surrealista e tecidos que causam ilusão ótica, Iris van Herpen trouxe estampas abstratas com uma cartela de cores diversa: preto, branco, azul, roxo, rosa e amarelo. O volume também ditou as peças dessa coleção.

 

Schiaparelli

 

O debate em torno do clichê dos gêneros tomou conta também da Alta-Costura, no desfile de Schiaparelli. A dualidade entre força e glamour msotra a coragem e o poder feminino com peças cheias de aplicação, volume, brilho, blazers decotados e muita sensualidade.

 

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here