Publicidade

Impactada com o cancelamento de sua estreia na New York Fashion Week deste ano, Anifa Mvuemba, fundadora da grife Hanifa, lançou uma nova maneira de revelar seus projetos mais recentes ao mundo. Em maio, a marca de moda inova com tecnologia 3D e realiza um desfile de moda virtual, transmitido pelo Instagram Live.

O show de alta tecnologia foi apenas a manifestação mais recente do esforço de Mvuemba para traçar seu próprio caminho na indústria da moda. Ela aproveitou a tecnologia e as mídias sociais para construir seu negócio, que gerou US $ 1 milhão em receita em 2019 e conquistou Lizzo, Kelly Rowland e Kylie Jenner.

A família de Mvuemba emigrou para os Estados Unidos da República Democrática do Congo quando ela era criança, e a coleção foi inspirada em sua terra natal, chamada Pink Label Congo. “Eu tenho mulheres negras em mente quando eu desenho”, explica ela. “Eu crio silhuetas que funcionam para nossos corpos.”

UMA MARCA DE ALTA TECNOLOGIA

A designer já estava habituada em trabalhar com a tecnologia. Nos últimos oito anos, Mvuemba desenvolveu sua marca inteiramente por meio das mídias sociais, sem uma presença física. Em um momento em que o distanciamento social tornou impossível o desfile de moda tradicional, a abordagem de alta tecnologia permitiu o aumento de suas vendas.

 

Compartilhe marca de moda inova com tecnologia 3D.

Publicidade