Publicidade

Diante da necessidade de se apresentar o universo do jornalismo especializado de moda com os novos formatos de profissional e as diferentes frentes de atuação, a PUC-Campinas e a Z Magazine se unem para oferecer o primeiro curso de extensão da cidade voltado à área. No dia 17 e 18 de agosto, os alunos poderão se familiarizar com parte das funções de um jornalista de moda, como apuração de fontes, identificação do perfil da revista e seu público-alvo, criação de pautas, análise de desfiles, escolha da linguagem para revista e mídias digitais, bem como conhecer a redação e rotina da Z Magazine.

Andreia Meneguete

O curso de 16 horas permite compreender a moda como fenômeno social importante na contemporaneidade e é ministrado pela jornalista especializada em Estética e Gestão de Moda pela USP, Andreia Meneguete, que já foi editora de Beleza, Fitness e Saúde Revista Glamour Brasil, freelancer da Vogue Brasil e conta em entrevista sobre o universo do jornalismo de moda. Acompanhe.

1) Qual o papel do jornalista de moda?

O jornalista de moda deve ter a mesma responsabilidade com a notícia e informação do que um profissional que cobre hard news. Tem que ter um olhar apurado para a sociedade e interpretá-la por meio da perspectiva do consumo: seja na passarela, nas criações, nas novas formas de fazer moda, nas necessidades do cidadão-consumidor. Há sempre algo que a rua diz por meio da moda sobre o que é a sociedade.

2) Quais as frentes de atuação possíveis no mercado?

Hoje passamos por uma transformação nas redações de revistas impressas e sites especializados. Com isso, surge um novo espaço nas plataformas proprietárias de marcas do segmento para o jornalista de moda atuar como produtor de conteúdo. Sem contar que as mídias digitais é o que há de mais quente quando o assunto é informação de moda.

3) Quais as características de uma jornalista de moda e de uma digital influencer?

A digital influencer tem um compromisso em seguir suas escolhas e crenças quando o assunto é moda. Elas têm um papel fundamental na disseminação de conteúdo, mas sempre em torno do que é do seu universo, uma perspectiva mais particular da moda. Já o jornalista não tem que expor o seu gosto ou opinião pessoal, adjetivar textos. Ele tem que praticar – ou pelo menos deveria – aquilo que manda a cartilha do bom jornalismo: apurar, escutar dois lados de uma história e expor a verdade. O jornalista de moda segue a linha editorial de uma revista, traz aquilo que é notícia, o que é de interesse para um grande público. Embora viva num universo que é lúdico e envolve magia, um lugar bem comum da moda, o jornalista tem que entender até onde vai o seu envolvimento com a cena e o fato, pois isso pode comprometer o desempenho do seu trabalho.

4) O que se aprende no curso de Jornalismo de Moda da PUC-Campinas?

O aluno compreende a moda além do glamour que tanto se explora por ai. Embora seja um universo mágico e de sonhos, a moda fala de sociedade, manifesta os desejos e necessidades de uma época por meio de uma indústria criativa que tangibiliza tais anseios em produtos prontos para consumir. E o que isso quer dizer? Cabe ao jornalista de moda compreender todo o sistema da moda, desde sua criação até chegar no corpo de alguém que usa para criar uma identidade, estilo ou expor uma causa. A moda é um instrumento que ajuda a compreender por textos não verbais o que se vive em cada época. Tem ainda a parte mais prática do jornalismo, na qual o aluno vai poder entender como fazer pautas, textos e explorar os melhores caminhos para a sua área de atuação.

5) Se você pudesse citar três características de um bom jornalista de moda, quais seriam elas?

O jornalista de moda tem uma capacidade de análise e interpretação social muito grande somado a um olhar estético. É aquele que consegue entender seu lugar de comunicador e não de consumidor e tem uma grande paixão por pessoas, histórias e arte.

Serviço:

Curso de extensão em Jornalismo de Moda para Mídias Digitais e Revistas
Quando: 17 e 18 de agosto de 2019
Horário: 17/08 (sábado) das 09h às 12h20 e das 13h às 18h | 18/08 (domingo) das 08h às 11h20 e das 12h20 às 14h.
Onde: 17 de agosto – PUC-Campinas (Campus I) – Rua Professor Doutor Euryclides de Jesus Zerbini, 1516 Pq. Rural Fazenda Santa Cândida, Campinas – SP
18 de agosto – Redação Z Magazine – Av. Dr. Hermas Braga, 532, Nova Campinas, Campinas – SP
Inscrições: Site PUC-Campinas
Investimento: R$ 1.188,00 com parcelamento em até 6x (Cartão de Crédito, Débito ou Boleto Bancário)

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

15 + três =