O colágeno é um tipo de proteína essencial para o corpo. Ele mantém a aparência jovial da pele, unhas e cabelos, além de auxiliar na fortificação das articulações. No entanto, a quantidade produzida pelo organismo tende a diminuir de forma gradativa e é necessário recorrer à suplementação.

As mulheres são as que mais sentem os efeitos dessa perda, uma vez que a pele diminui cada vez mais a sua hidratação e pode levar ao enfraquecimento dos ossos, articulações e músculos. Além disso, a nutricionista Priscila Gontijo, responsável técnica pela clínica Vhita, explica que a proteína desempenha várias funções biológicas importantes e auxilia na construção e manutenção da estrutura de todos os órgãos e tecidos.

Priscila aponta que, antes de ingerir o suplemento, é preciso entender se a sua pele precisa de colágeno e qual o melhor tipo para você. “Muitas pessoas apenas entendem a necessidade do colágeno quando percebem a diminuição da firmeza e elasticidade da pele com o aparecimento de rugas e celulites, mas queda de cabelos, unhas fracas, quebradiças e com escamação são sinais clássicos da indispensabilidade do colágeno no organismo”, esclarece a nutricionista.

Outro aspecto importante para considerar no momento da escolha são os aditivos. “É importante ficar atento e verificar se na composição tem carboidratos, corantes, aromatizantes e adoçantes, que podem acompanhar o colágeno nos suplementos e, a longo prazo, podem prejudicar a saúde de quem consome”, finaliza. O importante é sempre recorrer ao seu dermatologista. Ele vai estudar o seu tipo de pele e identificar suas necessidades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

9 + dezoito =