Por: Bia Frata 

     @biafrata

Amado pelos anos 60, pelos hippies dos anos 70 e pelos skatistas dos anos 90, o tie-dye é hoje a reserva das cool kids de 2019. O print que é uma técnica de tingimento originalmente usada no Oriente desde o século VI, perdeu a cara de hippie, virou urbano e é febre no street style.

Além de psicodélica, a combinação de cores tem aquele jeito de coisa caseira e, apesar de colorida, carrega leveza. Com a ascensão de outra grande tendência, o neon, o tie dye retorna também em tons ultra coloridos, vibrantes e brilhantes.
Desde as combinações de cores mais sofisticadas até os tecidos mais nobres e as formas inesperadas, o novo tie-dye é mais elevado e faz a nostalgia continuar.

As coleções Primavera-Verão 2019-2020, mais do que nunca, foram porta-voz das mudanças climáticas sentidas cultural e socialmente através do globo. Sabemos que a moda sempre foi o veículo apropriado para expressão de diferentes pontos de vista. Dessa forma, a estampa Tie dye ressurge em visa de resultados estimulantes e inesperados, caracterizando o desejo de buscar as mesmas vibrações sentidas pelos hippies na década de 70.

R13 Primavera/Verão 2019
Veronika Heilbrunner
Molly e Reese Blutstein

 

No street style, a estampa apareceu em peso nas ultimas semanas de moda, no qual as fashionistas provam que os desenhos coloridos combinam, sim, com qualquer estilo.

E não são apenas camisetas que recebem o tratamento psicodélico desta vez, designers como Prada, Prabal Gurung,  Proenza Schouler e John Elliott se ramificaram e estão usando a impressão em tudo, desde vestidos e saias até macacões e bolsas.

TIE-DYE
Prada Primavera Verão 2019
TIE-DYE
John Elliott Primavera/Verão 2019
TIE-DYE
Proenza Schouler Primavera Verão 2019

Proenza Schouler aplicou a técnica em denim, enquanto Prada elevou a famosa impressão hippie ao usá-la em silhuetas femininas, como mini vestidos e saias de linho. Tecidos de alta costura como cetim reforçaram as credenciais de luxo do tie-dye. Na R13, a colorida impressão com pegada suburbana crafty, o uso de tie dye arco-íris foi usado em blazers, jaquetas e calças.

Para as mais básicas, a dica é combinar com jeans ou então com um short de couro, mantendo-se  a clássica e casual, como fez Christine Centenera juntando uma camiseta tie-dye com jeans azul. Já para as iniciadas, vale experimentar misturar a camiseta com um terno, uma maneira de atualizar a alfaiataria no ato.  Os acessórios nada óbvios deixam a produção mais divertida.

TIE-DYE
Christine Centenera
TIE-DYE
Joanna Hillman

 

 

 

 

 

 

A plataforma de pesquisa de moda global Lyst relata que tie-dye é uma das palavras-chave de pesquisa de moda que mais cresceu no ano até agora. É hora de apostar na tendência!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

5 − 2 =