Publicidade

Por: Bia Frata

Bia fala Gucci Equilibrium
                     @biafrata

O segredo para afirmar o estilo dos anos 80 está todo na silhueta: pense em ombros poderosos e em uma cintura nitidamente marcada. Cintos e faixas estão prontos para retornar ao closet das mais antenadas. Afinal, se a década está em alta na moda, a peça, ícone da época, não poderia ficar de fora.

O cinto, que de praxe sempre serviu para deslizar sob o passante da calça, agora ocupa um lugar diferente: a cintura. Para marcar e dar um toque especial a cada produção, virou acessório statement desta temporada.

As cinturas aparecem marcadas por maxi cintos, nas mais variadas proporções.  Ultrafeminina, a tendência dá um respiro e atualiza o shape oversized que tomou conta das produções das mais fashionistas nas últimas temporadas.

O acessório aparece com fivela redonda ou quadrada, larga ou fina, de couro ou de camurça, ou até disfarçado de faixa, ele ocupa as passarelas e passeia pelas calçadas nacionais e internacionais, se promovendo como o item da meia–estação.

A coleção Cruise da Chanel já deu a dica na apresentação do resort 2019. Cintos largos marcavam a cintura, fosse por cima de vestidos longos de festa ou as tão legendarias jaquetas de tweed da Maison francesa.

Chanel
Chanel Cruise Resort 2019

O truque de styling se confirmou como um dos mais fortes da temporada logo em seguida, quando Maria Grazie Chiuri homenageou as escaramuzas mexicanas, mulheres que praticam esporte equestre, na apresentação de Cruise 2019 da Dior. Na maioria dos looks desfilados, sejam eles compostos por vestidos, calças, shorts ou saias, o acessório estava lá presente, trazendo força e feminilidade de imediato. Tanto o espartilho quanto a barrigueira apareceram com opções que vão do couro preto ao estampado, trazendo uma interpretação elegante e poderosa ao mesmo tempo.

Dior
Dior Cruise Resort 2019

Na Versace, o acessório apareceu bem pesado, marcando a cintura de saias lápis, na Balmain, o cinto apareceu ultrasexy em diversos mateirias: camurça, linho, metal com correntes, por cima de vestidos curtíssimos carregados no brilho ou de ternos de linho estampados.

Versace
Versace Cruise Resort 2019

O truque de styling é: o cinto é um excelente acessório para deixar os looks mais interessantes. Ele foge do obvio. Quanto mais diferente a cor, o material, ou o tecido, menos obvio.

A visibilidade do cinto, é quebrada quando se brinca de forma criativa com o acessório. Contudo, sua linguagem é bem clara quando usamos em lugares específicos. Cores neutras e foscas são mais adequadas a ambientes formais. Já os que têm acabamentos mais brilhosos, como metal e verniz, não se encaixam tanto. O tamanho da faixa do cinto também tem seu lugar. Quanto maior, mais marca a cintura. Quanto menor, mais discreto, é. Sendo largo ou fino, o cinto é um acessório universal, feito para enfeirar qualquer tipo de corpo. Cria-se uma linha onde o cinto está, e é onde chama a atenção. Quem não quiser marcar a cintura, é só optar por menos contrates e tamanhos menores.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

um × 4 =