Os séruns de vitamina C são os favoritos nos rituais de beleza das coreanas. Do rejuvenescimento da pele à melhora da textura, a substância traz vários benefícios para o rosto, combatendo radicais livres e prevenindo os sinais de envelhecimento precoce, como flacidez, manchas, linhas finas e rugas. Para responder as 10 dúvidas sobre a Vitamina C, convidamos a dermatologista Fernanda Bortolozo, da Clínica Leger. Confira:

1 – O que é a vitamina C e como ela atua na pele?

É uma vitamina antioxidante, hidrossolúvel, que na pele muda a formação de melanina para um tipo de melanina que não é tão escura, que não mancha o rosto. Ela tem um mecanismo de ação que é quelante de cobre. Pra quem não sabe, o cobre faz parte da produção de pigmentos da nossa pele.

2 – A vitamina C pode ser usada na área dos olhos?

Embora ela seja um ácido, ela pode ser usada ao redor dos olhos. O que vai depender é da formulação que os dermatologistas utilizam de vitamina C como princípio ativo.

3 – A vitamina C clareia melasma e olheiras?

Ela clareia melasma, que é uma doença multifatorial. Utilizada sozinha, a vitamina C não é eficiente para clarear melasmas mais resistentes. A vitamina C tem poder clareador por ser um ligante do cobre na nossa pele e impedir a formação da melanina mais escura. Já as olheiras, se elas tiverem o componente de melanina, a vitamina C ajuda no clareamento. Se a olheira for apenas vascular ou se for uma depressão óssea, a resposta é o preenchimento, não cremes clareadores.

4 – A concentração de vitamina C varia de 5 a 30%. Como começar a usar?

A concentração de vitamina C varia em função da base (creme, sérum, gel)e depende de como esse ativo vai ser usado na pele. Isso vai depender do tipo de pele do paciente e da base na qual a vitamina C é colocada. Então, são muitos os fatores que interferem na concentração desta vitamina. A oxidação da Vitamina C também é frequente, então, normalmente, os plásticos que contém essa vitamina são protegidos ou com vidros escuros.

5 – A concentração da vitamina C acima de 23,5% traz mais resultados negativos do que positivos. Isso é verdade?

A concentração normalmente é maior quando é prescrita por um médico. Nós conseguimos usar concentrações maiores, adequando ao PH da formulação, o local onde essa vitamina vai ficar armazenada e o tipo de pele do paciente. A concentração, normalmente, é em torno de 15% a 20% em produtos de venda livre. Mais do que isso, a gente pode ter um efeito negativo para a pele, uma irritação pelo componente ácido do ativo que pode também manchá-la. O ideal é sempre buscar um dermatologista antes de fazer uso destes produtos.

6 – Todos podem fazer uso da vitamina?

Sim. Pelo efeito hidratante, ela pode ser usada para hidratar peles mais secas. Para peles mais oleosas, a gente precisa sempre pensar na concentração e no veículo. Mas pode também ser usada em peles oleosas, com alguns cuidados que o médico vai orientar na hora da formulação.

7 – A vitamina C substitui um hidratante?

Não. Ela pode ser usada em conjunto com o hidratante.

8 – Em que momento da rotina de cuidados com a pele entra esse ativo?

De preferência com o hidratante, antes do filtro, ou junto aos tratamentos noturnos. Não há problema usá-la e tomar sol com filtro solar.

9 – Existem várias texturas possíveis: creme, gel, mousse, fórmulas aveludadas. Alguma é a melhor ou a mais estável?

Na verdade, ela é um estabilizante de fórmulas e às vezes é propagada em torno de 5% como um ativo importante nessas formulações. Com essa porcentagem, ela serve para deixar o produto com maior tempo de validade na prateleira da farmácia, por exemplo. Concentrações maiores são necessárias para ter um efeito de princípio ativo. O gel, o creme e o sérum, bases onde nós usamos o produto, são pensados de acordo com o tipo de pele do paciente. O que muda sua estabilidade é o contato com o ar. O ideal é não ter esse contato.

10 – Quanto tempo demora para vermos os primeiros resultados de seu uso na pele?

Após 30 dias de uso já é possível ver os efeitos sob as rugas finas e enxergar uma hidratação maior da pele, que é uma das características do ativo como antienvelhecimento. Sobre a cor, é um pouquinho mais demorado, em torno de 30 até 60 dias. Deve-se aplicar a quantidade equivalente a uma pérola.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here