Por Erika Paiva 

   @erikapaiva_consultoria

A FEIMI, Feira de Moda Inverno, foi criada em 2003 como Feira do Circuito das Malhas e tem como objetivo reunir produtores e consumidores finais com preços de fábrica. O projeto cresceu tanto que hoje se tornou uma feira de tendências da moda outono/inverno. Desenvolvida pela Família Sodré, a FEIMI reúne mais de 100 expositores, com os melhores produtos de malharia, lã e couro.

Confesso que a ideia inicial do texto era escrever sobre as cinco  peças que tiveram mais destaque durante a Feira. Porém, foi impossível escolher apenas cinco, pois isso lhes apresento as sete tendências indispensáveis para o seu guarda-roupa nessa temporada de friozinho. Confira:

1) Saias Plissadas

Koude Collection                                                                          Tutti Belli malhas

Já sabemos que a moda vai e vem, mas parece que a saia midi plissada veio para ficar! Esse modelo, criado na década de 50 por Christian Dior, se tornou um clássico. Quem não se lembra da famosa pose de Marilyn Monroe em cima do respiro do metrô? A peça transita entre o mood elegante, social e romântico, podendo ser editada em diversos looks e estilos diferentes. Para o inverno, vale apostar com botas, coturnos e tênis. Um maxi tricot ou moletom também garantem uma produção mais fashionista!

2) Lurex

Fofolã

O brilho das discotecas da década de 80 ganhou o streetwear com a ajuda do Lurex. O tricot feito com fios metálicos está presente em saias, calças, tricots, vestidos, e por aí vai. Não tenha medo do brilho, ele está liberado para qualquer hora e lugar do dia, o que vale é o bom senso! Para criar um look mais interessante, que tal misturar outras texturas, como couro, lã e jeans? Para evitar um visual over, escolha um ponto de luz para o tecido, deixando o restante da produção mais sóbria.

3) Neon

Mariana Tricot                                                                       Confecções Ferreira

Vibrantes, energizantes e luminosas, as cores neons apareceram de forma tímida no último verão, em pequenos detalhes e acessórios e, aos poucos, foram ganhando a simpatia e o guarda-roupa de muitas pessoas. Pode parecer antagônico, mas na estação que menos vemos cores, eles tomaram conta do look inteiro. Para as pessoas mais ousadas, os looks em Color Blocking nesses tons são super fashionistas, já para as mais básicas é interessante usar apenas uma peça em neon, deixando o restando mais neutro. Para quem gosta de looks mais casuais ou esportivos, o neon também cai muito bem.

4) Animal Print

Independente do animal tenha certeza: ele invadirá seu guarda-roupa nessa temporada! Pode-se afirmar que a estampa deixou de ser uma tendência há muito tempo e se tornou um clássico, porém, em algumas temporadas eles ganham os holofotes. Dessa vez, além da estampa de onça, o Píton, a famosa estampa de cobra, veio com tudo! Releituras do animal print também estão em alta, você pode encontrá-las em cores nada convencionais, tornando-as mais divertidas.

5) Cropped em tricot

Bianca Malhas

O Top Cropped já é um termo bem conhecido, e nada mais é do que uma blusa mais curta, que geralmente vai até a cintura. Mas pensar em usá-lo no inverno parece soar estranho, não é mesmo? Pois é, mas vá se acostumando porque essa peça foi uma das que mais fizeram sucesso na FEIMI. Use e abuse com as saias midi, calça flare e pantacourt, mas, lembre-se, sempre com cintura alta.

6) Body

Particularmente não acho que o body seja uma tendência, uma vez que já frequenta o nosso guarda-roupa há muito tempo. Como peça curinga, os bodies são capazes de criar looks casuais e até produções mais elaboradas. Na feira foram apresentados vários bodies de tricot, com modelagens e estampas incríveis! Use com pantalonas (que é outra tendência para o inverno), pantacourt e bota, alfaiataria, saias… Deixe sua imaginação falar alto! Como eu disse anteriormente, essa peça é base para criar diversos looks.

7) Tricot

O tricot é o nosso melhor amigo no inverno e nada melhor que um bem quentinho e aconchegante, não é mesmo? Mas uma peça tão clássica não pode ter suas tendências? Claro que sim! Na feira encontrei algumas que não poderia deixar de pontuar:

  • Maxi Tricot – bem larguinhos e compridos, são super charmosos para usar com calça de couro ou saia.
  • Tricots Assimétricos – na mesma pegada da modelagem mais ampla, deixam o look super descolado e criativo.
  • Tricots com Manga Morcego – elegantes e confortáveis, são peças que já tem muita informação e por isso, devem ser o ponto alto da produção. Dica: por já ter muito volume na parte superior, é interessante usar com peças mais “sequinhas” na parte inferior.
  • Mangas Bufantes – seja com volume nos ombros ou nos punhos, a ordem da vez é chamar a atenção para essas regiões. Essa peça, principalmente por chamar a atenção para os ombros, está ligada ao momento que vivemos como sociedade pelo empoderamento feminino, uma vez que esse tipo de modelagem nos transmite feminilidade e poder ao mesmo tempo. Dicas: para quem possui o biotipo triângulo invertido, deve-se tentar equilibrar a silhueta com algum volume na parte inferior. Por serem volumosas, essas mangas deixam os braços mais finos e são uma ótima escolha para quem quer afinar essa região.

Fiquem ligados nas próximas edições:
São Bernardo – 20/06 à 30/06
São Paulo – 05/07 à 14/07