Publicidade

Má alimentação e exercícios físicos mais limitados aliados à mudança de rotina e questões hormonais, como no caso de mulheres durante o período menstrual, podem ser sinônimos de: retenção de líquido. Esse famoso inchaço é percebido em diversas áreas do corpo, inclusive no rosto. Para solucionar esse problema, o Kurma Spa preparou um passo a passo de como fazer drenagem facial em casa de forma simples e eficiente. Confira:

  1. Alongar

Depois de lavar, esfoliar e tonificar, inicie a prática. O primeiro passo é alongar bastante a musculatura do pescoço. “Essa região tem uma cadeia grande de linfonodos que drenam todo o rosto. Estar com ela alongada ajuda a alcançar um resultado melhor”, explica Sueli Szterling, diretora do Kurma Spa.

Coloque a cabeça para o lado e segure fazendo uma leve pressão. Faça isso nas duas direções. Uma dica é soltar o braço e deixá-lo relaxado ao lado do corpo para ajudar no alongamento. Em seguida tente encostar o queixo no peito e faça uma leve pressão no alto da cabeça. “Esse movimento vai ajudar a alongar ainda mais os músculos da nuca.” E por fim coloque a cabeça para trás apoiada nas costas para que os músculos da frente do pescoço sejam alongados. Todos os exercícios devem ser feitos por cerca de 20 segundos em cada posição.

  1. Liberar os linfonodos

Comece fazendo um movimento delicado de ‘onda’ com as mãos e os dedos na junção entre o pescoço e o rosto, indo até um pouco abaixo das orelhas. “Vale deixar a parte do hidratante para o momento da drenagem, não só com o objetivo de facilitar no deslizamento, mas também para ajudar a potencializar o efeito do creme. Se não quiser, a alternativa é utilizar óleos, como o azeite orgânico. Mas é importante lembrar das características de cada pele. Caso já seja uma pele oleosa, é interessante que o produto escolhido não gere mais oleosidade”, diz Sueli.

Depois da área entre pescoço e rosto, fazer o mesmo movimento de ondulação dos dois lados da tireoide. Entre a junção do pescoço e o tronco, um pouco depois do início do osso da ‘saboneteira’. Também massagear embaixo do queixo. “Esse movimento bombeia e esvazia os linfonodos. Com isso é possível mandar uma carga de líquidos maiores para esses lugares”, explica.

Ainda com a mesma movimentação Sueli orienta abrir os dedos em V e colocar entre as orelhas e fazer o movimento só com a ponta dos dedos. E novamente com a mão aberta aplicar as ‘ondas’ na região do nariz.

  1. A drenagem facial

Depois de desobstruir os linfonodos e mantendo o movimento anterior, comece a massagem pela testa. Vale lembrar que não existe um número certo de repetições, mas é importante que sejam feitas várias vezes para estimular a região. O líquido tirado da testa deve ser levado para a região das têmporas, que vão desembocar nos linfonodos próximos à orelha.

Em seguida, a área a ser massageada é a dos olhos. Também direcionando o líquido para os linfonodos mais próximos. “Com uma das mãos aberta faça um movimento em cima do olho como se estivesse puxando suavemente a pele para o lado, em direção à orelha. Logo após, use a outra mão com os dois dedos em forma de V deitado para fazer o mesmo movimento, mas agora só com a ponta dos dedos. Depois de finalizar, faça no outro olho. Esse movimento relaxa e tira todas as toxinas”, destaca.

A próxima região é a do nariz e abaixo dos olhos. Novamente direcionando os líquidos drenados para os linfonodos mais próximos. E Sueli lembra: “Sempre que necessário é interessante repor o produto escolhido para ajudar no deslizamento.”

Depois de fazer no resto do rosto, a terapeuta indica pegar a ponta dos dedos de uma forma bem firme e fazer movimentos circulares em toda a face. Descendo essa massagem também para a região dos pescoço. Além de promover relaxamento, ajuda ainda mais a estimular a circulação dessas regiões.

Para finalizar, Sueli aconselha voltar aos locais que foram bombeadas no começo e repetir o processo, assim é possível liberar os líquidos que foram direcionados para essas áreas. “Ao fazer a drenagem estamos liberando toxinas do organismo”, destaca a esteticista. Ela também indica aplicar uma máscara facial, caso haja interesse em adicionar mais algum passo a esse momento de autocuidado.

Compartilhe Como fazer drenagem facial em casa.

Publicidade