No último dia 30 de setembro, o Grand Palais, em Paris, foi palco de mais um desfile da Chanel, sempre um dos mais aguardados da temporada. Repleta de tweeds e clássicos da Maison com inspiração da década de 60, a coleção Spring 2020 mostrou que o verão pode ser mais elegante e chic que o normal. Ao que tudo indica, Virginie Viard, nova diretora criativa da marca, tomou boas notas enquanto trabalhava com Karl Lagerfeld! Acompanhe todos os detalhes que a Z destacou da passarela Chanel:

Ambiente

Um tributo à Paris, mais especificamente a uma vista particular de Virginie Viard dos rooftops típicos da capital francesa foi o cenário montado no Grand Palais para o desfile.

Inspiração

A Nova Onda, um movimento artístico do cinema francês que ocorreu na década de 60 e era contrário às superproduções hollywoodianas da época.

Shapes

A vibe da juventude dos anos 60 reinou por aqui. Saias de pregas, calça cigarette, cardigã, bermudas, mangas bufantes e macaquinhos de tweed cruzaram a passarela na maior elegância típica de Chanel.

Cores

Os clássicos preto e branco se uniram às tonalidades de vermelho, rosa e azul (inclusive jeans) com pequenos detalhes de amarelo em diversos padrões de xadrez e listras.

Beleza

Bochechas e lábios levemente rosados e pele glow são o típico combo que garante aquele ar clean de saúde, vibe que prevaleceu no desfile da Chanel juntamente com os cabelos soltos e despretensiosos.

Acessórios

Seria a volta da meia calça preta? Combinada com saias de pregas e sandálias de tiras, a peça marcou presença na coleção. Bolsas micro, cilíndricas e verdes também apareceram, além de chapéus estruturados que completaram os looks.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

três × 5 =