Publicidade

O Dia dos Namorados está chegando e, por conta do isolamento social, os jantares românticos terão que se adaptar, seja em casa ou à distância. Independente de como será a celebração, é importante que não falte um bom vinho! Para ajudar os casais nesta data, a sommelier e influenciadora digital, Clara Phileto revelou algumas dicas para que você escolha o vinho perfeito para o Dia dos Namorados:

Primeiramente, é preciso pensar no que será servido no jantar. Se a escolha for um fondue de queijo, por exemplo, são recomendados vinhos brancos com boa acidez, leves, frutados, com um pouco de mineralidade, como um varietal (feito com apenas uma uva) Pinot Grigio, Riesling ou Chardonnay e que não tenha tido passagem por madeira. Eles combinam com os queijos normalmente utilizados na receita, que são o Emmental e o Gruyère. É importante que o vinho não tenha um aroma muito acentuado para não “roubar” o sabor do fondue ou tornar o prato enjoado. A boa acidez do vinho também equilibra com o leite e gordura do queijo, tornando a harmonização perfeita.

Para um fondue de carnes magras, são considerados os vinhos assemblages (elaborados com mais de uma uva) que não sejam muito envelhecidos, a exemplo de um Bordeaux. A região, na França, é umas das áreas vinícolas de maior produção do mundo. Um espumante brut de bom volume em boca também harmonizaria bem se você optar por molhos mais fortes e condimentados ou carnes um pouco mais gordurosas.

Já na sobremesa, para harmonização, escolha o vinho perfeito que não seja tão doce. Para um fondue de chocolate, um espumante moscatel cai bem e finaliza limpando as papilas gustativas. O aroma doce da uva moscatel equilibra o dulçor do chocolate, tornando o momento mais agradável. Um vinho licoroso de Colheita Tardia também é uma ótima opção e harmoniza muito bem com as frutas do fondue, assim como um vinho fortificado como o Vinho do Porto que fica muito agradável com o sabor do chocolate.

Publicidade