Guia da proteção solar: confira as principais dicas para usar corretamente

Saiba como proteger sua pele corretamente

0
507

 

O verão chega acompanhado das férias, dias de sol, piscina e mar.

Por isso, é fundamental redobrar a atenção com os cuidados com a pele, tanto para evitar queimaduras desagradáveis, quanto para prevenir o câncer de pele, o tipo mais comum da doença no Brasil.

A Z Magazine entrevistou as dermatologistas Dra. Jaqueline Zmijevski  e Dra. Paola Pomerantzeff, membros da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), para esclarecer as principais dúvidas para proteger a pele no verão.

Acompanhe!

Dra. Paola Pomerantzeff – Foto: Divulgação

1 – Há diferenças entre o protetor solar sem cor e com cor em termos de proteção?

 

Dra. Paola: Sim, o protetor com cor protege mais. Isso porque, além da proteção química do protetor contra radiação UVA e UVB, ele também tem a proteção física (exercida pela presença dos pigmentos -óxido de zinco ou de titânio que conferem a cor de base ao protetor e que protegem a pele da luz visível ou luz azul). A luz visível, natural, é um espectro da luz solar que pode ser vista pelo olho humano. A luz visível também pode ser artificial (computadores, televisões, tabletes e celulares). A luz visível também é prejudicial à pele, podendo causar manchas e lesões (fotoenvelhecimento digital).Portanto, mesmo dentro de casa, em home office, o protetor com cor deve ser utilizado na face, diariamente.

 

 

2 – Como escolher a melhor opção de protetor para a sua pele?

Dra. Jaqueline Zmijevski – Foto: Divulgação

Dra. Jaqueline: Em primeiro lugar, escolha uma opção que tenha FPS de, pelo menos, 30 e PPD de no mínimo 10. Em seguida, observe a textura, ou veículo, de acordo com as características da sua pele. Por exemplo, se for oleosa, opte pelos oil control, efeito mate, gel, gel creme ou ainda mais fluídos. Se você tiver manchas, é aconselhável que opte pelas opções com cor. Se apresentar doença fotossensível, opte por fatores mais altos.

 

3 – É importante trocar de marca de tempos em tempos?

 

Dra. Paola: Não, se você se adaptar a algum protetor, pode usar o mesmo por anos. O importante é a frequência! Usar o protetor diariamente!

 

4 – Passar pó compacto com proteção solar sobre o protetor aumenta a proteção?

Dra. Jaqueline: Não necessariamente. Se você usar um protetor sem cor e usar o pó com cor, irá acrescentar a proteção contra luz visível. Mas, fora isso, as proteções não se “somam”. O pó é uma boa alternativa pras reaplicações ao longo do dia. Mas, uma ressalva, cuidado ao aplicar pra que a esponja não esfregue na pele e remova o protetor debaixo. Aplique dando leves batidinhas de forma que vai depositar o pó em cima do protetor tradicional.

 

5 – Qual a quantidade ideal de protetor na face? É preciso repassar durante o dia?

 

Dra. Paola: A quantidade correta de protetor solar a ser aplicada na face diariamente é 1 colher de chá. Sim, é necessário repassar o protetor a cada 2-3 horas ou antes se suar excessivamente ou se lavar o rosto.

 

6 – É normal sentir coceira ao longo do dia onde foi aplicado o protetor solar? 

 

Dra. Paola: Não, não é normal. Caso sinta coceira ou qualquer outro sintoma, lave o rosto com água corrente e procure um dermatologista. Pode ser alguma alergia ou irritação.

 

 

 

O protetor solar Bonelli Solare possui FPS 30 e PPD 13,4 para oferecer alta proteção contra a radiação UVA e UVB, além de conferir ação hidratante, antioxidante e rejuvenescedora, prevenindo os sinais do envelhecimento da pele e queimaduras solares ao mesmo tempo em que promove potente hidratação sem deixar a pele oleosa. Com textura ultraleve, toque seco, rápida absorção e alta espalhabilidade, o protetor solar Bonelli Solare ainda é resistente à água e ao suor e traz como destaque em sua composição ativos como o Hyaxel, a Coenzima Q10 e a Vitamina E. Dermatologicamente testado, oil free e não comedogênico, o protetor solar Bonelli Solare é capaz de preservar a barreira cutânea, reforçar os mecanismos de defesa da pele, reduzir rugas e linhas de expressão e tornar o tecido mais luminoso.