Publicidade

Após um longo período fechado, de acordo com as normas governamentais de combate ao Covid-19, o Museu Salvatore Ferragamo reabre ao público em Florença, na Itália. A decisão foi tomada, também, para atender às demandas de muitos jovens e escolas que reservaram o ingresso para a exposição em março e abril, mas não puderam visitá-la.

A resolução de prolongar a exposição suspensa “Sustainable Thinking” foi motivada pelo fato de que as questões em torno da sustentabilidade e da responsabilidade social continuam tão relevantes quanto antes. O Museo reabre com a total segurança dos colaboradores e visitantes, sabendo que a saúde é primordial, assim como a cultura, a arte e a beleza, necessárias para a alimentação do coração e da alma.

A reabertura do Museo Salvatore Ferragamo marca o retorno à normalidade para a cidade e a região.

Exposição Sustainable Thinking

A mostra explora a sustentabilidade da Ferragamo deste o pioneirismo do fundador da marca Salvatore Ferragamo, em seu uso revolucionário de materiais naturais, reciclados e inovadores até os experimentos mais recentes da empresa com materiais e técnicas ecologicamente corretos.

Concebida por Stefania Ricci, diretora do Museo Salvatore Ferragamo e Fondazione Ferragamo, com Giusy Bettoni, Arabella S. Natalini, Sara Sozzani Maino e Marina Spadafora, a exposição compartilha uma perspectiva artística/cultural sobre a questão vital da sustentabilidade, vista como “desenvolvimento que atende às necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras de satisfazer suas próprias necessidades” (The Brundtland Report, 1987).

Compartilhe Museu Salvatore Ferragamo reabre ao público na Itália.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here