Publicidade

Durante essa semana, marcas internacionais como Moschino, Dior, Balmain, tem apresentado suas coleções que chegarão nas lojas somente entre julho e agosto do ano que vem. Os desfiles desta temporada são intermediários e são apresentados entre as grandes coleções de fevereiro e setembro, mais comerciais, focadas no objetivo de venda e menos na imagem e estética, e que, atualmente, representam os maiores faturamentos para as marcas.

Confira abaixo algumas das coleções de Pre-Fall 22:

Christian Dior

Maria Grazia Chiuri fez uma releitura completa de como o mundo acredita que Christian Dior era com sua nova coleção pré-outono. “Mas é uma simplificação do trabalho dele”, comenta a diretora criativa da maison. A coleção mostra uma Dior descolada, com couro e uma espécie de inspiração com os tradicionais uniformes escolares das academias americanas.

Oscar de la Renta

Oscar de la Renta tem um papel principal no episódio de estreia do reboot de Sex and the City, And Just Like That … Charlotte compra três vestidos para o recital de piano de sua filha: um para ela e outros dois para suas filhas. Nesta coleção, a marca deixa de lado sua formalidade e mostra composições divertidas e cheias de cor.

Moschino

Moschino sendo Moschino! Jeremy Scott sai do óbvio ao apresentar uma coleção pré-outono com alfaiataria, mas uma alfaiataria completamente diferente da tradicional. Com cores extremamente vibrantes e quase que caricatas, a marca usa e abusa da criatividade.

Balmain

Tendo acabado de atingir uma década na Balmain, Oliver Rousteing tem sido extremamente contemplativo nos últimos tempos. E a nova coleção mostra isso, com uma diversidade de elementos hi-tech e a volta da estampa “pied-de-coq”.

Publicidade