seg, 12 abr 2021 10:23:57 -0300
Mais
    Publicidade

    Um mergulho na história do maiô

    Nossa colunista e consultora de imagem, Erika Paiva, conta a história do surgimento do maiô até as tendências dos dias atuais

    Publicidade

    *por Erika Paiva

    Quando o assunto é moda, sempre ficamos atentos sobre as tendências. Todo mundo quer saber o que será usado na próxima estação, ou seja, sempre olhamos para o futuro e muitos não olham para o seu passado.

    A moda é um reflexo da sociedade ao longo do tempo e, por isso, olhar para o seu passado é tão importante. Ao fazermos esse exercício, conseguimos compreender melhor nossa história e a nossa sociedade. E acreditem, diariamente encontramos peças do nosso armário que retratam essas histórias.

    O maiô é uma delas. Apesar de ele ter nascido no início do século XX, ele promete ganhar muitas praias e piscinas pelo país a fora, nessa temporada. Antes de apresentarmos as novas caras da peça, vamos fazer uma viagem no tempo!

    É na Inglaterra, por volta de 1750, após estudos medicinais apontarem os benefícios das águas salgadas em tratamentos respiratórios, de ansiedade e de depressão, que surgiram os primeiros registros de banhos na praia. A aristocracia francesa logo tomou conhecimento do novo hábito e também começou a frequentar o litoral de seu país. Nesse momento, as pessoas frequentavam a praia utilizando a vestimenta que era usada na cidade.

    Apesar do hábito ter nascido no final da era vitoriana, foi na Belle Époque que ganha destaque. O banho de praia passa a também ser sinônimo de lazer e a massa começa a frequentar as praias.

    1 4

    A roupa de banhar-se era muito diferente das de hoje. As mulheres deviam cobrir o corpo inteiro e, para isso, usavam uma roupa de lã, malha ou sarja que cobriam o tronco e as pernas, além disso, usavam toucas, meias e sapatos.

    No final dos anos 20 e começo dos anos 30, as mulheres começaram a se  emancipar, num movimento pós guerra. Com os homens na Primeira Guerra Mundial, as mulheres tiveram que sair para trabalhar e todo esse movimento gerou novos comportamentos, que também afetaram a moda.

    56aa612a2f715f4de0e73239876c3524

    Livres dos espartilhos e com saias mais curtas a moda praia também se reinventou. As roupas de banho encurtaram-se, deixando à mostra as coxas das mulheres!

    Curiosidade do nome: maiô vem do francês maillot (tricot) nome dado a roupa utilizada pelos dançarinos da Ópera de Paris, criado pelo figurinista Monsieur Maillot. A roupa era um body com meias.

    Com os anos o maiô foi ganhando o seu espaço e logo atrás dele, o biquíni!

    Agora vamos para as tendências desse ano, afinal o maiô é uma peça super versátil que pode ser utilizado tanto na praia, como também para sair na cidade.

    Argolas e fivelas

    Maiôs com detalhes de fivelas e argolas dos mais diferenciados!

    agua de coco
    Imagem: Água de coco

    Manga

    MANGA

    A tendência de mangas volumosas e trabalhadas não é novidade no mundo da moda. Elas também invadiram as praias! Esse modelo é super elegante e transita com facilidade entre a areia e uma ocasião mais especial.

    Moulage

    O maio Moulage é aquele que modela no corpo. Geralmente possuem tiras que permitem vários de tipos de amarrações.

    Vintage

    O ar Vintage está cada vez mais em alta. Modelos inspirados nos primeiros maios até os mais cavados dos anos 80.

    Engana mamãe

    agua de coco 4
    Imagem: Água de coco

    Modelo meio termo entre biquíni e maiô, pois cobre levemente a barriga, sem deixar de mostrar a silhueta. Criado nos anos 60, aqui no Brasil, recebeu esse nome por parecer um maiô, porém tendo a essência de um biquíni.

    Cores

    Tons vibrantes, terrosos, quentes e branco prometem dominar o verão.

    Publicidade

    Outros Posts

    DEIXAR UM COMENTÁRIO

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    Publicidade