Yoga para iniciantes: 7 dicas para iniciar na prática

Professor de Yoga Ravi Kaiut explica como iniciantes podem evoluir no Yoga

0
326
Foto: divulgação
Foto: divulgação

A prática milenar do Yoga se tornou uma das principais formas de cuidar da saúde física e mental tendo ganhando milhões de participantes ao redor do mundo. No entanto, muitos ainda têm dúvidas sobre como iniciar na prática. Se você está pensando em iniciar nessa jornada, o professor de Yoga Ravi Kaiut separou para Z sete dicas essenciais para iniciar no Yoga:

  1. Encontre um bom professor
    Para guiar seus primeiros passos no yoga, muitas vezes pode parecer que começar sozinho é uma boa ideia, mas para a realização correta das posições e exercícios de respiração é sempre indicado contar com um profissional”.
  2. Entenda a diferença entre práticas circenses e prática de yoga
    Existem formas incorretas e nocivas de yoga que podem fazer você se machucar, no meu caso, ensino um método desenvolvido na minha família, que combina as práticas milenares com as necessidades modernas para trazer os melhores resultados”, explica Ravi Kaiut.
  3. Não caia na ideia de iniciante e avançado
    O Yoga é uma prática para todos! Quem desenvolve a dinâmica individual é sempre o professor, não existe iniciante, nem avançado, professores sem experiência acabam trazendo ideias incorretas por não terem prática de sala de aula com grupos de alunos distintos”, pontua.
  4. Esteja presente e ouça seu corpo
    Durante a prática, esteja presente no momento e ouça atentamente seu corpo, respeite seus limites, o yoga é uma jornada individual e cada pessoa tem seu próprio ritmo de progresso”.
  5. Pratique regularmente 
    Estabeleça uma rotina de prática regular, mesmo que sejam apenas algumas vezes por semana, a consistência é fundamental para obter os benefícios do yoga, reserve um tempo em sua agenda para dedicar-se à prática e aproveite os momentos de conexão consigo mesmo”, afirma Ravi Kaiut.
  6. Tenha um espaço tranquilo
    Crie um ambiente calmo e tranquilo para praticar, encontre um espaço em sua casa ou encontre um estúdio próximo a você, um ambiente livre de distrações ajudará a mergulhar mais profundamente na prática”.
  7. Seja paciente e respeite seu próprio progresso
    O yoga é uma jornada contínua, e os benefícios se acumulam com o tempo, seja paciente consigo mesmo e evite comparações, cada pessoa tem seu próprio ritmo de evolução”, explica Ravi Kaiut.

Clique aqui e siga a Z Magazine no Instagram!