Por Lucas Estevam         

Lucas Estevam fala sobre Antuérpia
          @estevampelomundo

A cidade com a estação de trem mais linda que já vi! Essa foi a primeira coisa que pensei quando cheguei em Atuérpia, ou Antwerp, em holandês (sim, o idioma falado nesta região de Flandres é o holandês, e não o francês). Eu tinha acabado de chegar na Bélgica e visitado a cidade de Bruges que me encantou demais. Porém, Antuérpia não tem absolutamente nada a ver com Bruges. Primeira coisa que chama a atenção é o tamanho da cidade (bem maior). Também é impossível não notar os diamantes em todas as esquinas. Isso não é a toa, caro viajante, pois 80% de todo o diamante do mundo passa por aqui. Atuérpia também é conhecida como a capital dos diamantes.

A população de Antwerp é de cerca de meio milhão de habitantes. Ah! E muitas pessoas conheceram a cidade após o festival Tomorrowland ficar famoso (ele acontece na cidade de Boom, ao lado de Antuérpia, no nordeste da Bélgica). Então, vamos ao roteiro sobre o que fazer em Antuérpia em um dia.

ALUGUE UMA BIKE

Sim! Alugar uma bicicleta é sempre uma opção em cidades planas como essa. Aluguei a minha bike na Cyclant, uma loja que fica na estação central de Antuérpia. O aluguel por 4 horas custa 9 euros, ou então, pague 15 euro para 24 horas, ou ainda um pouco a mais para ter um guia (fale com o Nicolá, o dono de lá e super legal e nos acompanhou pela cidade).

Lucas Estevam fala sobre Antuérpia

RAILWAY NORTH PARK (PARK SPOOR NOORD ANTWERPEN)

Pedale uns 10 minutos da estação central até a parte norte da cidade, onde antes era um lugar feio e abandonado, mas hoje tornou-se um parque lindo e cheio de vida, especialmente no verão.

PARKBRUG ANTWERPEN

Uma ponte bem peculiar. Ótimo lugar para fotos! Eu adorei passar por lá e ver como uma ponte que parece simples, pode ser complexa e divertida!

THE PORT HOUSE – PORTO DE ANTUÉRPIA

Uma parada importante pra contemplar essa mistura de novo com clássico em Antuérpia. A obra é da famosa arquiteta Zaha Hadid e tornou-se um novo cartão postal da cidade. Aqui funcionam os escritórios do segundo maior porto da Europa.

Lucas Estevam fala sobre Antuérpia

MUSEUM AAN DE STROOM

 Eu não cheguei a entrar, mas se tiver tempo, vale ver o por sol lá de dentro. A arquitetura do museu em si já vale mesmo que você apenas passe na frente.

PRAÇA GROTE MARKT

Assim como em Bruges, em Antuérpia existe uma praça central com prédios centenários (muitos do século XVI) e vários restaurantes e cafés. Nessa praça, também da pra entender porque a cidade tem esse nome. Havia uma lenda em que um gigante cobrava dinheiro de todos que quisessem entrar em Antuérpia. Um belo dia, um rapaz chamado Brabos, ficou sem paciência e cortou e arremessou a mão do gigante (Antwerp seria uma palavra como “jogar a mão”).

GROENPLAATS

A Green Square ou Praça Verde é outra praça que vale muito explorar por Antwerp. O que não faltam são praças fotogênicas e cheias de história.

CERVEJARIA DE KONINCK

Uma das mais famosas de Antuérpia. De Koninck quer dizer “O REI” e ali você aprende a fazer cerveja, além de várias outras coisas como queijos e pode comprar alguns pra levar pra casa. Aprendi nesse dia que foram através dos monges que os belgas descobriram que os diferentes tipos de taças poderiam causar diferentes sensações ao beber a cerveja. No mesmo complexo tem uma padaria, chocolateria e açougue.

Lucas Estevam fala sobre Antuérpia

ONDE SE HOSPEDAR EM ATUÉRPIA?

Escolhi o Maison Nacionale, que fica na rua Nationalestraat, super bem localizado. De lá é possível fazer tudo caminhando e qualquer lugar que você olhe rende uma linda foto! O hotel é um estilo flat / studio bem minimalista e moderno. Eu gostei muito e confesso ter sido um dos hotéis mais “design” que já me hospedei. Vou deixar um LINK AQUI com os valores da diária atualizados e pra você fazer sua reserva pagando o melhor preço. De nada, meu filho!

ONDE COMER EM ANTUÉRPIA

 FRITES ATELIER

A batata frita foi inventada na Bélgica e tem alguma coisa especial aqui nela! Sim! Você precisa provar pelo menos uma batata frita belga e recomendo o Frites Atelier. Este lugar não é bem um restaurante para almoçar, mas é perfeito para um fast food local. Eles lançaram um “raio gourmetizador” nas batatas fritas e adicionaram coisas como molhos, carne, camarão, frango ou legumes. UMA DELÍCIA! Valores: de 3,50 a 8 euros.

DÉSIRÉ DE LILLE

Uma casa de waffles super tradicional em Atuérpia que leva o nome de sua fundadora. Os waffles (ou gaufre) foram criados na Bélgica.

GRAANMARKT 13

Um restaurante do guia Michelin por um preço acessível? Sim! É possível aqui em Atuérpia. O restaurante é 100% orgânico e tudo vem de uma fazenda orgânica com vários vegetais. Foi ótimo, pois comi bem, saudável, e experimentei alguns vegetais que nem lembro o nome! O valor é uma média de 40a 50 euros por pessoa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

quatro × 1 =