Publicidade

Segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde em 2019, 80% das mulheres sofrem mensalmente da terrível TPM. Dor abdominal, prisão de ventre, seios doloridos e inchados, acne, alteração do apetite, alterações bruscas de humor, insônia ou sonolência excessiva são apenas alguns dos principais sintomas relatados pelas que sofrem deste mal. A boa notícia é que a TPM pode ser amenizada com algumas mudanças no estilo de vida, o que inclui a prática de exercício físico regular.

“Os exercícios melhoram a qualidade de vida e aumentam a produção de endorfinas, hormônios responsáveis pela sensação de bem-estar. Dessa forma, há melhora nos sintomas da TPM, redução nas cólicas menstruais, melhora do sono e da disposição para as atividades do dia a dia”, destaca Vanessa Furstenberger, profissional de educação física.

O corpo feminino passa por uma montanha-russa hormonal todos os meses durante o ciclo menstrual, que é composto por quatro fases:

– a menstruação, que vai do primeiro ao último dia de sangramento (em média, de 3 a 7 dias). Há uma baixa hormonal e da energia do corpo, que pede descanso. “Muitas mulheres sofrem de cólica e ficam bastante indispostas. O ideal é pegar leve com o treinamento e investir em atividades mais leves, como caminhada, pilates, yoga e alongamento”, diz Vanessa.

fase folicular: quando a menstruação cessa, o estrogênio e a noradrenalina voltam a subir, preparando o corpo para a ovulação. A mulher fica mais enérgica e bem-disposta. Segundo a profissional de educação física, este é o momento ideal para aumentar a carga e a intensidade dos exercícios e é quando há a melhor performance.

ovulação: quando os ovários liberam o óvulo maduro, os hormônios estão em alta, assim como a libido. Há muita disposição e a mulher tem mais vontade de se cuidar. Exercício físico explosivo e dança são boas pedidas, pois é quando ela está esbanjando sensualidade.

fase lútea: antes da menstruação há uma baixa hormonal com a redução da progesterona – facilitando a fadiga. É aqui que aparecem os sintomas da TPM. “As mulheres que ficam mais agressivas, nessa fase suportam treinos mais intensos, enquanto que as que ficam mais emotivas demandam treinos mais tranquilos. Cabe ao profissional que as acompanha compreender o perfil de cada aluna e prescrever a periodização que mais se encaixa ao momento daquela mulher”, orienta Vanessa, que sugere exercícios aeróbios para este momento, como corrida, natação, bike e caminhada.

Compartilhe essa matéria: Saiba qual o melhor exercício físico para cada fase do ciclo menstrual

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here