Por Ayla Oliveira 

Entre os dias 7 e 10 de março, a capital portuguesa recebeu o Moda Lisboa Outono/Inverno 19/20. Foram 4 dias de maratona com 31 coleções apresentadas, 21 desfiles, nove designers LAB, seis finalistas Sangue Novo e quatro designers Workstation. Sem dúvidas, foi uma das melhores oportunidades para mergulhar na moda, conhecer novos talentos de outros países e repensar sobre o que queremos mostrar através da roupa e do consumo.

O tema do Moda Lisboa foi “Insight” e ele remete às ideias, à criatividade e em como você pode aproveitar da melhor maneira tudo o que foi visto00 nas passarelas, já que estamos sempre um passo à frente e de olho nas tendências que estão vindo para o próximo inverno 2019/2020. As apostas de cores são: pink fúcsia, vermelho, azul royal.

1º dia de Moda Lisboa

Carolina Machado

Carolina Machado

 Com uma coleção inspirada no espírito clubbing dos anos 90 vs. o atual night club, a designer manteve sua essência da alfaiataria masculina desconstruída com um toque de tendência, como neon, vinil, tie-dye e paetê. Carolina Machado apresentou uma coleção sexy, misteriosa e feminina.

Trouxe alguns truques de styling que podem ser usados no nosso dia-a-dia, como a sobreposição que dá modernidade ao look, o mix de estampas que deixa o visual mais criativo e a alfaiataria de uma forma cool, com blazers abertos e amarrados com cinto.

Para conhecer mais sobre a marca:  www.carolina-machado.com
@carolinamachado_official

Ricardo Preto

Ricardo Preto

 Sua coleção foi inspirada no presente, na ideia de viver o agora sem se preocupar com o dia seguinte, prezando o silêncio, o espaço e o conforto. O designer trouxe volumes geométricos e fluidos em tons discretos e apostou nos acessórios, principalmente os de cabelo. Ele manteve o seu estilo casual chic com tendências em vermelho, pink e textura de pelos.

Seus truques de styling que podem ser usados no dia-a-dia são: amarração em blusas e casacos, sobreposição de vestidos com calça e acessórios de cabelo que podem dar um up visual de forma rápida.

Para conhecer mais sobre a marca: www.ricardopreto.com.pt
@ricardopretoofficial

2º dia de Moda Lisboa

Awaytomars

Awaytomars
Fotos: Ugo Camera

A coleção da AWAYTOMARS é uma análise critica sobre consumo e produção excessiva. O foco é o re-design, termo usado na moda para reformular e reciclar roupas antigas. As peças desfiladas foram criadas a partir de roupas enviadas pelos membros do coletivo, consumidores e marcas parceiras. A sustentabilidade sempre foi um dos pilares da marca, desde o processo de criação até o uso da tecnologia de modo a evitar o excesso.

Nas passarelas, muito moletom bicolor que preza o conforto, mix de xadrez e o truque de styling da faixa de judô usada como cinto.

A inspiração para usar no dia-a-dia é amarra o cinto ao invés de colocar a fivela.

Para conhecer mais sobre a marca: www.awaytomars.com
@awaytomars

 Kolovrat

kolovrat
Fotos: Ugo Camera

 “Nature is Magic” foi o manifesto de Kolovrat nas passarelas. A fim de desconstruir com modelagens oversized, cortes assimétricos e um novo olhar sobre o clássico, o “magic” engloba os componentes da floresta com cogumelos estampados no trench coat branco, que abriu o desfile.

Outra peça que chamou a atenção foi o blazer de alfaiataria com corte assimétrico com a estampa camuflada de um lado só, chique e moderno ao mesmo tempo.

Dica esperta para a próxima estação: se ligue nos cortes e nas novas modelagens para sair na frente nas tendências.

 Para conhecer mais sobre a marca: www.lidijakolovrat.com
@lidijakolovrat

 Luís Carvalho

Luis Carvalho

 A próxima estação “SURFACE” do estilista vem com muito xadrez, transparências, paetê e pochetes, que continuam a aparecer com força.

Nas modelagens, o oversized entra novamente na passarela mas, dessa vez, com linhas mais retas. Cores fortes predominam e chamam a atenção, como o laranja, bege, azul, roxo e fúcsia.

O mix de tons e imagens diferentes são obra do trabalho de Matthieu Bourel que nos leva às matérias-primas onde são evidentes os padrões de xadrez e pied-de-poule em várias tonalidades e tecidos como lã, algodão, seda e couro.

 Para conhecer mais sobre a marca: www.luiscarvalho.net
@luiscarvalhoofficial

3º dia de Moda Lisboa

 Andrew Coimbra

Andrew Coimbra
Fotos: Ugo Camera

 O tema da coleção baseia-se no vestir de forma séria, sem ser levado a sério. Com a ideia de manter o streetwear refinado, o designer usa silhuetas lúdicas e estruturas do vestuário de luxo dos anos 70.

A coleção foi inspirada na infância de Coimbra, com materiais nostálgicos (como o veludo cotelê e devore), vestidos de crepe e a música “Dollar Wine”, de Byron Le, estampada como um gráfico na parte de trás de uma camisa, além dos hoodies com fotos abstratas tiradas pelo mesmo durante sua vida. Na linha, também podemos notar o uso de sobreposição, corte assimétrico, amarração e bons truques de estilo para aplicar no dia a dia.

Para conhecer mais sobre a marca: www.andrewcoimbra.com
@andrewcoimbra

Gonçalo Peixoto

Gonçalo Peixoto
Fotos: Ugo Camera

O designer se inspirou na mulher moderna e na maneira como elas enxergam o mundo moderno e seus desejos. Esse conceito levou o designer a brincar com padrões, como o blazer oversized, padrão xadrez, tules combinando com peças sportwear, ombros XXL, flores com veludo, estampas de crocodilo, transparência e camisas com capuz em um mix de tons quentes e frios.

Gonçalo se utilizou da abordagem contemporânea para utilizar o streetstyle de maneira a reinterpretar os clássicos, trazendo elementos que misturam os estilos feminino, elegante e sporty.

Para conhecer mais sobre a marca: www.goncalopeixoto.com 
@goncalopeixotoficial

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

6 − 3 =