@beminparis

Por Edis Lima
Conhecida como capital do amor e da liberdade, Paris sempre foi fonte de inspiração para o cinema, que nunca para de celebrar a cidade-luz. Paris representa uma verdadeira musa e continua inspirando inúmeros cineastas, que escolhem seus bairros históricos, monumentos e endereços míticos como cenário de filmes de sucesso. Diante da situação atípica do isolamento devido ao covid-19, listei aqui, 10 filmes que te farão viajar à Paris, sem sair de casa.

1) O fabuloso destino de Amélie Poulain (2001), de Jean-Pierre Jeunet

Estreado em 2001, tendo a atriz francesa Audrey Tautou como protagonista, « O Fabuloso destino de Amélie Poulain » é sem dúvida, um dos filmes franceses mais conhecidos no mundo. Ele conta a história de Amélie, uma jovem garçonete em um café de Montmartre, que faz de tudo para ver todo mundo feliz. Com o sucesso do filme, o Café des Deux Moulins (10, rue Lepic), em Montmartre, virou mais um ponto turístico da capital francesa que você precisa conhecer quando viajar à Paris.

2) Meia-noite em Paris (2011), de Woody Allen

No filme Meia-noite em Paris, Woody Allen nos faz voltar ao tempo através das aventuras de Gil (Owen Wilson), um americano de férias em Paris, que nos envolve na magia da cidade nos anos 20. Em suas saídas noturnas, ao badalar da meia-noite, Gil vai a várias festas onde conhece inúmeros intelectuais e artistas que admira e que frequentavam a cidade-luz naquela época, como F. Scott Fitzgerald, Gertrude Stein, Ernest Hemingway, Salvador Dali.

3) Moulin Rouge (2001), de Baz Luhrman

Do gênero drama musical-romântico, dirigido por Baz Luhrmann, o filme é essencialmente inspirado em três óperas/operetas, a boêmia, de Giacomo Puccini, a Traviata, de Verdi e Orfeu nos infernos, de Jacques Offenbach (esta inspirada no mito grego antigo de Orfeu e Eurídice). Estreado por Nicole Kidman e Ewan Mcgregor, Moulin Rouge retrata o trágico caso de amor de Satine e Christian, dois amantes que mantém uma relação conturbada na Belle Époque. Mais um filme tendo o bairro histórico de Montmartre como pano de fundo.

viajar à Paris

4) Ratatouille (2007), de Brad Bird

A cozinha francesa é celebrada e criticada nesse filme, informativo e muito divertido. O filme mostra bastidores de restaurantes de luxo, personagens e pratos esteriotipados, com porções minúsculas, sabores perfeitos da alta gastronomia. Filme do gênero animação, Ratatouille foi lançado em 2007 e conta a história de Rémy, um rato vivendo em Paris que sonha em se tornar um chef de cozinha. O longa foi bem recebido pelo público e pela crítica, chegando a receber diversos prêmios, inclusive o Oscar de animação em 2008.

5) Hugo Cabret (2011), de Martin Scorsese

Considerado uma das obras-primas de Scorsese, o filme explora o universo infantil e se passa na Paris dos anos 1930. Hugo Cabret é um filme cheio de encanto e fantasia, um verdadeiro conto de fadas. O filme conta a história de um garoto que vive solitário numa estação ferroviária de Paris, tentando descobrir um enigmático mistério.

6) Piaf, um hino ao amor (2007), de Oliver Dahan

O filme retraça momentos marcantes de Edith Piaf, como sua infância, seus amigos, seu sucesso como uma das mais importantes cantoras francesas, suas alegrias e dramas. Parte do grandioso sucesso do filme deve-se a brilhante interpretação da francesa Marion Cotillard, que ganhou o Oscar de melhor atriz. O filme cobre toda a carreira de Piaf, desde seu início e apresenta a cantora como jamais visto, entre amores e decepções, evidenciando sua personalidade, ao mesmo tempo, frágil e intensa.

7) Os Intocáveis (2011), de Olivier Nakache e Éric Toledano

Filme francês dos gêneros dramacomédia e cinebiografia, com François Cluzet e Omar Sy nos principais papéis. O filme aborda a relação de um multimilionário tetraplégico e do seu peculiar auxiliar de enfermagem, baseado no livro autobiográfico. O longa foi o mais visto na França em 2011 e é o mais rentável filme francês da história. O dinheiro arrecadado com a venda dos direitos de autor da adaptação do livro, foi doado a uma associação de ajuda a deficientes físicos.

8)  O Artista (2011),  de Michel Hazanavicius

O Artista é um filme que fala em especial, sobre amor ao cinema. Um ator em declínio e uma atriz em ascensão protagonizam esta história que se passa entre 1927 e 1932, época em que o cinema mudo estava saindo de moda, e o falado entrava em cena. O filme é genial não só por ser em preto e branco e mudo, mas também por apresentar um roteiro emocionante, uma estética impecável e um bom humor contagiante. Não à toa levou o Oscar de Melhor Filme em 2012.

E para finalizar, dois filmes do universo da moda.

9) Saint Laurent (2014), de Bertrand Bonello

“Yves Saint Laurent”, é uma versão “autorizada” por Pierre Bergé, companheiro do estilista que faleceu em 2008, e Louis Garrel, que interpreta o artista em “Saint Laurent”. O filme mostra um lado mais íntimo e sombrio do criador, retratando sua carreira entre 1956 e 1976. O filme “Yves Saint Laurent” é também uma oportunidade para se ver os modelos originais utilizados pelas atrizes e manequins, todos do acervo da Fundação Yves Saint Laurent-Pierre Bergé, sede hoje do Museu Yves Saint Laurent, em Paris.

10) O Diabo Veste Prada (2006), David Frankel 

Inspirado em um best-seller americano, o filme O Diabo veste Prada conta a história de Andrea Sachs, uma garota do interior recém-saída da faculdade, contratada como assistente de Miranda Priestly, lendária editora da revista Runway. A assistente vive um real pesadelo, pois sua chefe é uma víbora e transforma a vida de seus subordinados em um verdadeiro inferno. Estrelado por Meryl Streep e Anne Hathaway, o longa mostra todo o frenesi dos bastidores da moda, com locações incríveis entre Nova Iorque e Paris, bien sûr!

Compartilhe os 10 filmes que te farão viajar à Paris.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here