Por Consuelo Blocker

@consueloblocker
           @consueloblocker

O chamo de namorido com orgulho! Em casa, ele tem só uma gaveta, pois não moramos juntos, mas a aliança que usamos, apesar de não sermos casados, poderia ser tatuada de tão forte o vínculo! Nos encontramos na página de um amigo no Facebook, há 9 anos, e desde então esse homem faz de mim uma mulher melhor a cada dia! O seu ser cavalheiro tem mais a ver com o respeito à outra pessoa do que à etiqueta. E é disso que “Seja um CAVALHEIRO melhor (…e surpreenda-a!)”, esse pequeno “manual” escrito por ele fala. É mais uma porta a um mundo esquecido do que a regras severas, que é a sua beleza. Então, entrevistei o Roberto para dar um gostinho desse autor (e pessoa) tão querido que ele é!Robbie para Consuelo

O que te levou a escrever um livro?
Escrever um livro é uma forma de diálogo, de comunicação com um
público, assim como, para mim, é a fotografia.

E o tema?
O tema deriva da observação de que, infelizmente, a sociedade atual
está perdendo comportamentos importantes nas relações interpessoais e,
especialmente, com as mulheres.

Eu, Consuelo, fui uma inspiração?
Em certo sentido, sim, porque ela também me fez entender como uma
relação de bondade e respeito mútuo entre homens e mulheres é
importante.

Qual a sua parte favorita?
As primeiras 16 dicas. Rsrs ou seja, todas.

A palavra “cavalheiro” está cada vez mais esquecida hoje em dia. Como
você define o cavalheirismo?

Eu gosto de me conectar com a origem, no momento exato dos cavaleiros.
Personagens com sentimentos nobres e generosidade desinteressada.

A fotografia te ajudou a escrever o livro? Em que contexto?
Sim, posso dizer que foram as “imagens” desagradáveis que testemunhei
que me ajudaram a descrever certos comportamentos em palavras também.

O que define um típico homem italiano?
O homem italiano é profundamente hedonista, amante da beleza. E em
seus olhos, a mulher é a sublimação da beleza. Ao contrário do que
parece, o homem italiano ama verdadeiramente a mulher. Todas as
atitudes dos homens não são realmente comportamentos “machistas”, mas
esforços para ganhar a atenção e a aprovação da mulher.

Quais as principais dicas para se tornar um cavalheiro?
Comprar meu livro! Rsrsrs.

Robbie para Consuelo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

um × 2 =