cartierA Cartier, joalheria francesa de luxo, promove anualmente o prêmio internacional chamado Cartier Women’s Initiative Awards. Criado em 2006, o CWIA dá suporte e encoraja projetos desenvolvidos por empreendedoras. As 21 finalistas da edição deste ano acabaram de ser divulgadas e, dentre elas, a brasileira Tatiana Pimenta, criadora da plataforma de atendimento psicológico online Vittude.

Desde a criação do concurso, mais de 18.000 mulheres se inscreveram, criando cerca de 7.000 empregos ao redor do mundo. As finalistas deste ano foram selecionadas entre quase 2.900 candidatos e se beneficiarão das sessões de preparação e treinamento dos membros da INSEAD Business School antes de submeterem suas propostas para avaliação do júri.

A jornada da empresária

Tatiana Pimenta
Tatiana Pimenta

Depois de dois anos em Cingapura, San Francisco será palco dos finalistas durante a cerimônia de premiação, de 25 de abril a 3 de maio. Com o tema “O Efeito Ondulado”, o evento homenageará homens e mulheres empreendedores que atuam como catalisadores de mudanças e crescimento em suas comunidades e na sociedade em geral. Como no ano anterior, a CWIA fará parceria com o TED por meio de conversas e sessões interativas durante a cerimônia.

“Eu nunca imaginei ser uma mulher da tecnologia, muito menos fundar uma start-up de healthtech!” – Tatiana Pimenta.

Em 2012, Tatiana era uma executiva de vendas bem-sucedida em uma construtora quando sua vida virou ao avesso: passou por momentos difíceis e as consequências levaram-na à depressão. A fim de evitar um impacto negativo em sua carreira, ela procurou terapia.

Após tentativas frustradas de realizar sessões com psicólogos inexperientes, ela encontrou um profissional de que gostava. Porém, seu consultório ficava a 11 km e o trânsito em São Paulo fazia com que ela levasse quase três horas para chegar. “Eu comecei a pensar, não podia ser mais fácil conectar pacientes com terapeutas de qualidade?”. Dentro de alguns meses ela elaborou o plano de negócios da Vittude, uma plataforma da Web que conecta psicólogos e pacientes, removendo as barreiras do tratamento de saúde mental.

O preceito é simples: a plataforma da Vittude permite sessões de terapia remotas, economizando um tempo precioso enquanto abre o acesso à terapia para populações não atendidas. “Nossos estudos mostram que metade das cidades brasileiras não têm psicólogo”, diz Tatiana. “Alguns pacientes nos dizem que precisam viajar 100 km para encontrar um.”

Outras barreiras psicológicas também podem ser quebradas. O modelo on-line de Vittude pode ajudar as pessoas a enfrentar suas apreensões sobre a terapia, reduzindo a complexidade de encontrar um terapeuta. Ambos os compromissos tradicionais face-a-face e sessões de vídeo estão disponíveis, este último especialmente desenvolvido para garantir que a plataforma seja totalmente compatível com HIPAA, a Lei de Portabilidade e Responsabilidade do Seguro de Saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

19 + vinte =