Por Lucas Estevam

estevampelomundo
       @estevampelomundo

Olá, viajantes! No mês passado, realizei uma das viagens mais incríveis de toda minha vida: fui até o Salar de Uyuni, na Bolívia. Foram quatro dias e três noites explorando o Nordeste do Chile e Sul da Bolívia em uma expedição que eu sempre sonhei em fazer. Demorei muito para isso, pois não queria ir sozinho e ouvi muitas histórias de viajantes que passaram por inúmeros perrengues na Bolívia por irem por conta própria.

Por esse motivo, antes de ir pesquisei algumas empresas e lembrei da que me levou ao Atacama no ano passado, a Flavia Bia Expediciones. Entrei em contato e eles me disseram que em dois dias haveria uma expedição saindo de San Pedro de Atacama rumo ao Salar de Uyuni. Pra minha sorte, consegui achar um voo que se encaixava exatamente nas datas da viagem e parti para o Chile!

O QUE É O SALAR DE UYUNI?

O Salar de Uyuni é o maior deserto de sal do mundo! Tem 12 mil quilômetros quadrados, fica a 3.650 metros de altitude e passou por muitas transformações nos últimos milênios. Onde hoje vemos um sólido piso branco, antigamente era um lago recheado de sal. Com o tempo, a água evaporou e sobrou apenas o sal, que todos os anos aumenta suas camadas e sua superfície no deserto.

A quantidade de sal é tanta que é possível vê-lo do espaço!

COMO CHEGAR?

Existem três maneiras para chegar ao Salar de Uyuni:

  • Sair de San Pedro do Atacama, no Chile, rumo à Bolívia.
  • Sair de La Paz rumo a cidade de Uyuni e terminar no Atacama.
  • Voar até o pequeno aeroporto da cidade de Uyuni e de lá ir ao Salar (cerca de 30 minutos dirigindo) e voltar de avião, mas não recomendo, é o mais sem graça.

Eu decidi pelo caminho de número 1. Peguei um voo de São Paulo até Santiago, de Santiago até Calama e de Calama fui com um transfer até a cidade de San Pedro do Atacama.

Saímos às 7 horas da manhã com a Flavia Bia Expediciones rumo à fronteira com a Bolívia. Chegando lá, um motorista boliviano da mesma empresa nos esperava do outro lado. Descobri que o governo boliviano não permite que guias chilenos operem no país. Achei isso incrível, pois conhecer um país com locais é uma das melhores maneiras de aprender muito!

O QUE FAZER NO SALAR DE UYUNI?

O Salar de Uyuni é o destino final, mas não é tudo que a viagem oferece. São quatro dias de viagem e em metade do tempo não ficamos somente no Salar, mas aproveitando todas as belezas e lugares únicos que vemos ao decorrer das mais de 20 paradas pelo caminho.

No caminho podemos ver de lagoas com flamingos a vulcões cobertos de neve

QUANDO IR AO SALAR DE UYUNI?

Existem duas épocas que são boas: A estação chuvosa, que vai de novembro a março, e a estação seca, que vai de maio a outubro. Acho que abril é o mês ideal, pois você consegue ver o Salar com partes secas e alagadas. Eu fui na primeira semana de maio e foi simplesmente perfeito! O legal de ir nessa época é também a facilidade em se locomover. Em alguns meses, como dezembro, é tanta chuva que fica impossível dirigir pelo Salar.

O reflexo do céu nas águas do Salar é algo único. Eu já viajei muito, mas confesso ter ficado impactado com aquele pôr do sol

De qualquer forma, não importa quando. O mais importe é que você não deixe de visitar esse paraíso na Bolívia!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

13 + 13 =